Indicação de Livro: Estrada Da Noite

Olá, migs! 😆 

Hoje vim novamente falar de mais um livro, Estrada Da Noite dele, o talentoso Joe Hill, sim, ele de novo. E se reclamar vai ter mais dele, hahahaha! Se você não leu a ultima postagem onde falo com mais detalhes sobre ele  pode ler aqui. O livro que vim falar hoje é ‘Estrada Da Noite’, o primeiro romance de Joe Hill.

Introdução

O livro já começa com uma descrição detalhada dos personagens, cada personagem que aparece tem uma historia e esta é passada de uma forma que você passa a conhecer melhor cada um. O livro conta a historia de Judas Coyne, um cinquentão, lenda do rock e que fica em sua mansão, com sua namorada Georgia, escrevendo musicas que não vai divulgar. Jude tem um hobby  mega curioso que é de colecionar coisas estranhas, do tipo que são encontradas no Museu de Ocultismo dos Warren. Não satisfeito com sua coleção ele ainda procura mais, então vê em seu e-mail um anuncio que diz vender o paletó de um morto 😈  . Na descrição informava que o paletó custava $ 1.000,00 e que após a compra, o vendedor não aceitaria devoluções. Como o desafio lhe chamou atenção, Jude comprou o paletó.

À partir do momento que recebeu a encomenda, que veio em uma caixa preta em formato de coração, ele começou ser atormentado por um fantasma que seria Craddock McDermott, padrasto de uma fã de Jude, que teria cometido suicídio. Como o fantasma de McDermott queria vingar a morte da enteada, ele começou a atormentar Jude. De tanto ser atormentado, Jude decide fugir junto com sua namorada em uma caçada para tentar entender o porque que McDermott está tentando destruir ele. À partir daí o desenrolar é uma aventura atras da outra com um final surpreendente.

Considerações finais

Pelo fato de ser o primeiro romance do autor, o livro tem um desenrolar mais lento na primeira metade. Mas na minha opinião se torna um fator importante para que possamos nos aperfeiçoar na historia de cada personagem. Mais para o final do livro que o bicho começa a pegar, pois Jude começa a correr atras da historia por traz do paletó, descobre quem foi o dono e o porque ele está atras dele. Descobre também que o fato de ele comprar o paletó não foi somente uma coincidência. Em resumo o livro é bom, não né melhor do que ‘O Pacto’, não me prendeu tanto, mas é um conto bom.

Bom, espero que tenham gostado da minha humilde opinião. Não deu pra dar muitos detalhes sem soltar spoilers. Beeijos ♥

Commente

commentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.