Indicação de livro: O Pacto

 

Olá!

Hoje eu vim falar desse livro maravilhoso que se intitula “O Pacto” escrito pelo maravilhoso Joseph Hillstrom King, vulgo Joe Hill. Nascido nos Estados Unidos, escritor de ficção e filho do também escritor Stephen King.

O Pacto é um excelente livro de ficção que conta a historia de Ignatius Perrish um homem bom de família privilegiada. Com pais, irmão, amigo e o amor de sua vida Merrin. Até que uma fatalidade aconteceu. Em uma noite os dois tiveram uma discussão e no dia seguinte, Merrin é encontrada estuprada e morta num prédio abandonado. Sim MORTA 😯 ! Todo mundo acha que Ignatius é culpado, mas por ele ter uma família ryca eles conseguiram abafar o caso ta parecendo Brasil isso

No aniversário de um ano do assassinato de Merrin, Ignatius bebe até cair. E quando acorda e olha no espelho, tem um par de chifres crescendo em sua testa. Imagina só? Como se não bastassem os chifres, eles ainda tem poderes. Cada pessoa que ele encontra, ao ver os seus chifres, confessa seus piores pecados e seus desejos mais perversos. E Ig, também pode incitar esses pecados. É como se as pessoas pedissem permissões para cometerem esses desejos e ele as pudessem conceder.

O que mais me chamou atenção foi os tipos de sentimentos passados no livro, você tem uma relação de amor e ódio com cada personagem. Você se sente apreensivo quando o personagem sente, você se sente traído quando o personagem sente. Essa habilidade de passar esses sentimentos para o leitor é rara e muito importante se o autor quiser prender sua atenção.

A adaptação

horns

Estreado no Brasil em 29 de Fevereiro de 2015, Horns com a tradução brasileira de Amaldiçoado, teve muita repercussão para quem leu o livro. O nome adaptação já tende a significar que não vai ser igual ao livro e nunca é. Mas ha adaptações que são bem fiéis ao texto. Nesse caso eu não achei nada fiel a começar pelo título, que denuncia o que acontece no decorrer do filme. E a tradução brasileira pffffff, péssima. Antes tivessem colocado “Chifres” ou “Maldição”, sei lá, qualquer coisa! E teve alguns aspectos na história do Ig, que mudaram, não sei o porquê, mas mudaram.

Mas em suma, quando a pessoa não leu o livro e não esta familiarizada com a história, é um filme muito bom. Tem um enredo bem bacana e vários motivos para assistir até o final. A trilha sonora de David Bowie por si só ja compensa ver todo o filme. Eu confesso que sou apaixonada por uma boa trilha sonora. O filme pode ser uma bosta, mas se tiver uma boa trilha sonora, já tem um ‘q’ para eu gostar. Sobre o sentimento no filme, é passado de igual para igual como no livro. Se o Ig sorrir, você sorri. Se o Ig chora, você chora. Se o Ig fica com raiva, você fica também. É uma relação bem parecida com o livro.

Resumindo

o-pacto_t46575_1_jpg_290x478_upscale_q90a356f0_e18b76c98ddd492cbe99f7a2998718e5iphone_wallpaper

O livro é maravilhoso, recomendo demais para quem gosta de um bom drama e um pouco de suspense. Para quem é cheio de mimimi, não recomendo o filme. Porque eu sou assim, melhor ter uma merda de filme e eles consertarem depois em algum outro, num futuro bem distante, do que não ter nada nunca na vida. O livro é lindo com todos os detalhes da história e o filme é lindo do seu jeito resumido, diferentão e com a trilha sonora mais linda pra sempre.

Então é isso, minha opinião sobre o livro e sobre o filme é essa. E caso vocês tenham gostado e tiverem críticas e sugestões é só compartilhar e deixar abaixo. Beeijos ♥

Commente

commentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.