Exposição ComCiência – Patricia Piccinini

O que dizer dessa Exposição?

Olá Migs!

Hoje vim falar dessa exposição maravilhosa e surrealista que é a ComCiência de Patricia Piccinini.

Metaflora – Patrícia Piccinini

Metaflora – Patrícia Piccinini

A Exposição mostra sobre genética, do que pode ser criado à partir de espécies que já existem. E da transmutação dessas espécies em novas, surpreendentes e surreais. Mostra também sobre como a tecnologia pode nos afetar, criando itens do dia a dia com transfigurações incríveis.

A Artista

Patricia Piccinini

Patricia Piccinini

Australiana nascida em 1965, Patricia Piccinini é uma magnífica artista plástica que usa sua prática artística como um fórum para discussão sobre como a tecnologia afeta a vida. Em uma entrevista de 2014 com o Sydney Morning Herald, Piccinini disse de seu trabalho: “É sobre a evolução, a natureza – como a natureza é uma coisa maravilhosa, estamos aqui para testemunhá-la, a engenharia genética, a mudança o corpo.” “O que eu gostaria é que as pessoas experimentassem o sentimento de fascínio e, às vezes, também de repulsa que as obras trazem. Entre o encantamento e a rejeição existe um espaço onde as pessoas podem se alojar, se emocionar e pensar sobre as obras”, argumenta Patricia Piccinini.

A Obra

Sala de Sons – Patrícia Piccinini

Sala de Sons – Patrícia Piccinini

A sua obra conta com figuras que vão do hiper ao surreal, além de curtas e salas com sequências de sons e imagens que a primeira vista causam repulsa em quem vê. A artista fala sobre criaturas imaginárias e fantásticas, baseadas em pesquisas de ciência genética e análise do comportamento humano.

De Bruços – Patrícia Piccinini

De Bruços – Patrícia Piccinini

A exposição geralmente é gratuita e tem além de esculturas palpáveis de seres transmutados, fotografias tratando do mesmo tema e objetos do cotidiano, mas com um toque pessoal de Patricia de como ela vê a transformação desses objetos.

A Confortadora – Patrícia Piccinini

A Confortadora – Patrícia Piccinini

É claro que as exibições não contam com todo o seu acervo, mas já da pra ter uma noção básica sobre o que se passa na cabeça dela. É uma mistura perfeita entre o primitivo e o tecnológico. Vejam abaixo mais algumas imagens que tive o prazer de registrar no Centro Cultural do Banco do Brasil.

Espero que tenham gostado deste post. Se gostaram curtam e compartilhem com seus amigos. Beeijos! ♥

Commente

commentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.