Estilo Alternativo: Porquê tanto preconceito?

Olá, Migs!

Hoje vim falar de um tema super polêmico no meio alternativo. O PRECONCEITO COM OS ESTILOS. Para você que minimiza o estilo alternativo, tenho algumas palavrinhas para você.

 

elvira

Aceitação

Apesar de hoje em dia o mundo estar mais aberto em relação a estilos diferentões, ainda rola muito preconceito em relação ao estilo alternativo. O que eu quero dizer sobre estilo alternativo? Usar alargadores e piercings, se vestir fora dos ‘padrões da sociedade’, ter tattoos, pintar o cabelo, escutar um tipo de música ‘incomum’, usar acessórios incomuns, enfim, a lista é infinita.

Se você se encaixa nas características acima, parabéns! Você é alternativo. Eu digo parabéns, porque você deve se aceitar, primeiramente. Para impor aceitação, você deve começar se aceitando.

Chega de ficar reclamando e colocar aquela roupa que todo mundo vai achar ‘normal’, só porque todo mundo acha ‘normal’. E você? Sua opinião não conta?

 

zombie-boy

 

Explicando melhor

Ha varias situações em que nos sentimos minimizados apenas porque estamos usando preto, ou temos uma tattoo assim e assada. Eu mesma sofro preconceito diariamente e nem por isso deixo de fazer as coisas que eu gosto. O que faço é aumentar o volume no fone de ouvido e seguir em frente. PORQUE EU NÃO SOU OBRIGADA!

Ha muitas empresas hoje em dia que já aceitam o estilo alternativo nas suas dependências. O que me faz pensar que as empresas que ainda não aceitam não sabem valorizar o profissional. A roupa que eu uso não determina o tipo de profissional que eu sou. Os meus piercings não me tornam de caráter duvidoso. Parem de olhar a casca e passem a valorizar o funcionário pela sua qualidade profissional.

 

gif-fuck

Experiências

Eu já recebi comentários do tipo “Nossa! Mas essa música é do capeta!”, ou “Isso daí é alargador? Deus me livre”, ou ainda “E esse piercing aí? Por que você fez isso com seu rosto?”. São tipos de comentários que nos inferiorizam tanto a ponto de deixar de ter contato com algumas pessoas só pelo fato de haver tanta crítica em cima do que eu faço da MINHA VIDA.

Para começo de conversa, eu pago minhas contas, não estou matando e nem roubando. Eu compro minhas roupas. Eu pago os meus body piercings e meus tatuadores. Eu compro as minhas maquiagens e meus acessórios. Não preciso de ajuda de ninguém pra isso, portanto não venham me criticar. O que eu uso ou faço com o meu estilo não determina o meu caráter!

Se você já passou por tudo isso e deixou de ser uma pessoa que gosta, para ser uma pessoa “aceitável” perante a sociedade. PARA!

Para e vai viver sua vida!

E se você gostou desse post, curta comente e compartilhe! Beeijos ♥

Commente

commentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.